Dicas sobre jardinagem para ajudar suas plantas ficarem lindas!

Entre as atividades essenciais para manter condomínios com um aspecto de limpeza, cuidado e beleza, está a jardinagem. Uma área verde conservada traz um aspecto agradável, além de a natureza oferecer uma sensação de bem-estar.

Que tal algumas dicas de como fazer a gestão desses espaços para que fiquem sempre belos e com a manutenção em dia?

 

Defina a periodicidade da manutenção

O primeiro passo para manter a jardinagem em dia deve ser o síndico (a) e outros responsáveis, juntamente com a empresa ou profissionais contratados, definirem qual será a periodicidade da manutenção das áreas verdes.

Essa está relacionada com o tamanho do espaço, as espécies que o compõe, o investimento e o tempo que será necessário para manter os jardins sempre em ordem.

Por isso, no momento de começar o plantio nos ambientes, é importante levar em consideração esses aspectos, pois dependendo deles é que se definirá a manutenção necessária.

 

Invista em uma rega adequada

As áreas verdes dependem, em grande parte, de uma rega periódica de acordo a espécie, para se manterem belas e saudáveis. E, portanto, em relação à jardinagem, essa é uma das atividades que devem ter prioridade e observância constante.

Vale analisar o comportamento das plantas e também levar em consideração as estações do ano, já que no verão elas necessitam de mais água do que no inverno e vice versa.

 

Atente para a escolha das espécies

As espécies que compõe a jardinagem e o paisagismo de condomínios não devem ser escolhidas de forma aleatória. Isso porque devem ser considerados alguns aspectos, como por exemplo, o tamanho dos espaços e se as raízes não poderão danificá-lo, ou o quanto de luz uma planta precisa para ficar saudável, entre outros detalhes importantes.

 

Contrate profissionais especializados

No momento de criar o paisagismo ou fazer a jardinagem é importante contar com quem entende do assunto para que não haja prejuízos financeiros e as áreas verdes fiquem realmente belas e bem conservadas sempre.

 

A planta precisa de Sol, Sombra ou Meia-Sombra?

É comum as pessoas não saberem exatamente o que significava Sol pleno, sombra ou meia-sombra e por isso ao deixar a planta em local não indicado elas podem morrer ou não ficarem lindas. A seguir mostraremos o que significa cada termo e como especificar as plantas para seu jardim seguindo a indicação. As dicas valem tanto para canteiros quanto para vasos.

 

 

 

Meia-sombra

As plantas desta categoria precisam de apenas 3 horas de Sol por dia. O resto do tempo podem ficar sob luz indireta, que continuarão se desenvolvendo bem. A Clívia é uma planta que representa bem as plantas de meia-sombra.

 

Sol Pleno

Se enquadram as plantas que precisam de no mínimo 7 horas de sol direto por dia sobre elas. Para estas plantas quanto mais sol, melhor, não há restrição. Os pomares, hortas, e forrações com cor mais intensa, são exemplos de vegetação que precisam de sol pleno.

 

Sombra:

As plantas de sombra precisam de ambientes de pouca luz e sem incidência direta de sol, caso isso não aconteça, se elas não desenvolverem bem, existem grandes chances de contraírem fungos, doenças ou simplesmente secarem se ficarem expostas ao sol direto. As samambaias são exemplos de plantas de sombra.

 

Está buscando serviços de jardinagem?

Nossos jardineiros são preparados para fazerem a conservação, manutenção e restauração das áreas verdes, assegurando que os jardins estejam sempre com as plantas bem cuidadas e saudáveis!

 

Além disso, nossos funcionários são treinados para trabalharem com toda discrição e higiene esperada.

 

Impacto Facilities: Facilitando a sua vida!

 

E aí o que achou das nossas dicas? Queremos saber, comente, curta e compartilhe este conteúdo

Recommended Posts

No comment yet, add your voice below!


Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *